Archive for Seleção

Teste Human Guide é quase uma certidão de nascimento

Além de ser simples para o uso e entendimento do resultado, o teste Human Guide é tão preciso que pode ser visto como a marca registrada do candidato. Veja a opinião de Letícia Calazans, analista de RH do Grupo Pirelli.

Estratégico não é o RH, mas as pessoas

Human Guide não serve somente para o recrutamento, pode ser utilizado para treinamento, desenvolvimento, coaching, entre outros. Veja mais na entrevista com Jayme Alcantara, Diretor de RH da Fastmind.

5 vantagens que testes de personalidade trazem para carreira

Giselle Welter do Human Guide fala sobre os benefícios que testes de perfil trazem para a carreira.

Veja mais: Link

Proposta de emprego

Janaína Andrade, coordenadora de recrutamento e seleção da Talent Group, dá dicas para avaliar uma proposta de trabalho.

Link

HumanGuide permite estratégias de retenção de talentos

Entrevista com Renan Lemos, Coordenador de RH do Banco Fator, que utilizou o HumanGuide, dá sua opinião sobre o teste. Veja o depoimento:

Sistema cria perfil ideal de vaga

Seria mais fácil se soubéssemos exatamente o perfil ideal de uma vaga. Assim, as empresas saberiam exatamente o que procurar. Já existe um teste de perfil que faz essa análise!

Talent Group

Com mais de 17 anos de atuação no mercado, a Talent Group não atua apenas em recrutamento e seleção ou terceirização de serviços. Conheça melhor a empresa acessando a apresentação abaixo.

Além dos recrutamento e seleção

O teste Human Guide vai muito além do recrutamento e da seleção. Ele pode ser usado para desenvolver pessoas, para avaliar se alguém está pronto para atuar em determinada equipe e para identificar possibilidades de desenvolvimento pessoal.

Além disso, o teste permite identificar o perfil médio de uma equipe, ajudando a organização a compreender eventuais carências ou necessidades de pessoal. Veja mais no vídeo.

Terceirização exige parceria

As empresas precisam ter cuidado quando vão delegar a um terceiro a atividade de recrutamento e seleção. Isso porque desenvolver essa atividade com alguém que não conheça a realidade da empresa pode levar a problemas não só de atração, mas especialmente de retenção de talentos. A difícil realidade que as empresas enfrentam, com carência de pessoal, exige que a empresa e o recrutador tenham profundo conhecimento um do outro, estabelecendo mesmo uma parceria. Veja mais na entrevista com Almir Cozzolino, Presidente da Talent Group.