Archive for 29/04/2020

Fazer sempre, fazendo ainda melhor!

São tantos os tipos e formatos de testes que podemos executar em um fluxo de trabalho, com a finalidade de entregar melhorias constantes nos ambientes de execução da aplicação, que as vezes podemos nos perder em meio a esta pluralidade.

Pensando nisto, eu proponho um modelo de pipeline de CI/CD que utilize de maneira adequada os tipos essenciais de testes, culminando em uma proposta de implementação na nuvem que atinja os objetivos de escalabilidade, confiabilidade e eficiência da aplicação.

Testes automatizados e manuais do modelo de pipeline de CI/CD

Testes Unitários
Smoke Test
Testes de Aceitação
Testes Integrados
Testes Funcionais
Testes de Regressão
Testes Manuais
Testes não Funcionais

Modelo de pipeline CI/CD

A execução contínua dos testes antecipa os problemas de produção permitindo realizar ajustes e garantir assim a confiabilidade da aplicação.

Composto de diversas etapas o modelo de pipeline CI/CD proposto possui muitas atividades, mas com certeza as principais e em maior número são os testes, os quais aparecem em todas as etapas. A sua importância é indiscutível e sua execução contínua é vital para atingir a qualidade e a eficiência da aplicação, proporcionando rentabilidade aos negócios.

A análise estática realizada na etapa de validações tem como função principal verificar a qualidade do código entregue, apontando desenvolvimento inadequado ou não condizente com as melhores práticas na construção de código fonte.

Os testes unitários e de aceite devem ser criados pelo desenvolvedor a fim de garantir que o código construído está funcionando e que não indisponibiliza o uso da aplicação.

Os testes de aceite devem validar somente o contexto interno da aplicação, sem interações com o ambiente externo, tornando-se produtivo e imune a impactos indesejáveis gerados por outras aplicações.

Os testes de aceite de usuário são desenvolvidos preferencialmente pelos testers, os quais possuem o conhecimento necessário das massas de testes e dos requisitos definidos pelo Project Owner. Estes testes serão executados automaticamente pelo pipeline. Os testers também executam manualmente alguns testes complexos e de usabilidade.

Os testes não funcionais são realizados pelo pessoal da área de operações, sendo alguns testes automatizados e outros manuais: testes de capacidade, performance e testes de segurança. O teste de segurança DAST deve ser realizado nesta etapa, contudo o teste de segurança SAST deve ter sido realizado juntamente com a análise estática na etapa de validações.

Por fim, se tudo estiver sido executado com sucesso, estaremos entregando a aplicação em produção após o smoke test, que garante que a aplicação está no ar, ou melhor está na nuvem.

Estar na nuvem nos faz nos sentir felizes e realizados.

Solução de cloud computing

Para esta solução, usei o Terraform juntamente com o Amazon Web Services para fim de provisionar e executar os deploys nos ambientes necessários para as etapas de aceitação funcional, testes de aceite do usuário, aceitação não funcional e produção.

A escolha do Terraform garante que podemos utilizar este modelo com muitas ofertas de Cloud: Google Cloud, Microsoft Azure e outras.

Conclusão

Muito já ouvimos falar sobre alcançar qualidade, disponibilidade e eficiência no desenvolvimento de aplicações, mas apesar de toda a tecnologia e recursos que temos na atualidade, ainda estamos presos a escolhas simples e atitudes determinadas. Defina sua suite de testes, execute-a com excelência e continuamente para que atinja os melhores resultados.

Texto por Marco Santos (Entusiasta DevOps (SRE) | AWS | IaC | Terraform)

Processos On-line: alguns vieram para ficar!

Todos os setores estão passando por mudanças e adaptações devido à pandemia, esse é um infortúnio global e tem sido necessária muita resiliência para atravessar este momento, sem grandes prejuízos. É claro que a economia vem sofrendo e temos que apertar os cintos de forma geral, mas é importante lembrar que isso tudo vai passar e que aqueles que tiverem perseverança para continuar semeando no presente, irão colher frutos no futuro.

Tendo o Recrutamento & Seleção como uma de suas frentes de trabalho, a Talent Group agiu rapidamente, buscando ajustar alguns de seus processos, para que todas as analistas de R&S trabalhassem home office. Uma das grandes conquistas foi a obtenção da aprovação de 100% dos clientes na utilização de entrevistas via videoconferência. A princípio, isso surgiu como um desafio, mas rapidamente essa tarefa passou a ser desenvolvida com naturalidade, para todos os envolvidos e todos os clientes ficaram satisfeitos com o processo.

Para ter eficiência nos processos on-line, a primeira questão levada em consideração, foi avaliar o sinal de internet de cada profissional. A popularização dos smartphones ajudou a facilitar o processo mas, além de ter uma conexão estável, é necessário um equipamento que forneça qualidade de som e imagem aos usuários, por isso a Talent Group disponibilizou notebooks, com câmera e microfone de alta performance, para sua equipe.

Alguns detalhes foram acertados com a equipe, para obtermos o maior índice de aproveitamento nas entrevistas, como por exemplo manter os olhos e a atenção sempre voltados ao candidato, durante a videoconferência. Isto mostrou-se primordial para a entrevista fluir de forma eficiente e com a seriedade exigida. A conduta também deve ser a mesma da entrevista presencial, nos quesitos tratamento, privacidade e na escolha da vestimenta apropriada.

No campo da Terceirização de mão de obra qualificada não foi diferente. A Talent Group forneceu as ferramentas de trabalho necessárias, para seus consultores desenvolverem suas tarefas com o desempenho esperado. E o mais importante foi que a Talent Group conseguiu estreitar ainda mais a parceria entre Fornecedor e Contratante. A mensuração dos resultados de seus Consultores passou a ser feita com mais frequência e, de forma ainda mais proativa, sendo que todos os pontos que precisam de pequenos ajustes são feitos praticamente de imediato.

Para a satisfação de todos, na maioria dos casos, o desempenho dos Consultores da Talent Group está superando as expectativas nesse novo formato. A Diretoria da Talent acredita que mesmo com a normalização da situação, e o final da quarentena, alguns desses processos permaneçam como estão, com os profissionais em Home Office, visto o retorno positivo que tem recebido de seus Clientes e Consultores.

Olhando o cenário de forma otimista, concluímos que é sempre possível aprender e evoluir, principalmente em tempos de crise.

Relacionamento: atendemos bem para atender sempre!

Tão importante quanto fechar um negócio é mantê-lo, e para isso, o mais importante é acompanhar, de perto, o desempenho do serviço ou produto oferecido, e mensurar o nível de satisfação dos clientes e contratantes. É óbvio que para todo processo existe um período de adaptação, entendimento, aprendizado, e sempre haverá pontos que devem ser ajustados com o tempo. Mas, para tornar esse período de adaptação uma experiência prazerosa e produtiva, para ambas as partes, é fundamental que hajam bons profissionais conduzindo o relacionamento entre contratante e contratado.

Há 25 anos no mercado, a Talent Group tem clientes de longa data e, por praticamente todo este período manteve profissionais à frente das questões de relacionamento, competentes e extremamente atenciosos, criaram verdadeiros laços de confiança com os contratantes. A proximidade das relações criadas sempre foi admirável e ambas as partes sempre estiveram satisfeitas com a relação próxima e acolhedora. Porém, como o mercado de trabalho é dinâmico, no início de 2020, quando houve necessidade de mudança de parte da equipe surgiu a dúvida: qual o perfil ideal desta função para os novos tempos?

Por jugar o processo de relacionamento extremamente importante, a decisão foi tomada por um grupo de profissionais que conhecem a Talent Group e seus clientes profundamente. Auxiliados por uma ferramenta que apresenta o Perfil Motivacional desejado por quem executará determinada função, foi definido o Perfil Ideal de quem exercesse essa função. O grupo então, conseguiu definir, com base em atributos mensuráveis, o que seria mais importante para aquela situação e, a partir daí, foi buscar uma opção dentro do próprio time, escolhendo, a dedo, alguém com características aderentes ao que havia sido definido e que pudesse, não só manter o vínculo afetivo entre as empresas e os profissionais envolvidos nas operações, mas que também pudesse ser ainda mais eficiente por conta de suas qualificações técnicas, pessoais, e pelo histórico dentro da Talent Group. Mais do que suprir as necessidades da vaga em aberto, buscou-se encontrar um profissional que tornasse o setor de relacionamento ainda mais forte e ágil. Por isso a Gabriela Mattos assumiu o desafio em questão.

Acostumada a cuidar do DP – departamento responsável por folha de pagamento, controle de timesheets, cálculos de faturamento e tarefas relacionadas, a Gabi (como é chamada pelos colegas de trabalho) é uma profissional muito criteriosa. Sua racionalidade apurada vem permitindo que ela obtenha informações preciosas e mensure o nível de satisfação de cada cliente e consultor. Agindo como peça chave para entender tanto as necessidades dos contratantes, quanto dos profissionais alocados pela Talent Group, vem acompanhando de perto a opinião dos gestores sobre o trabalho executado de forma terceirizada, ela vem colaborando significativamente para implantação de melhorias.

Em tempos adversos, como nos dias de quarentena, a Gabi intensificou o acompanhamento feito aos clientes e obteve notáveis feedbacks em relação aos profissionais terceirizados, trabalhando home office, tais como: “No meu time estão todos alinhados à expectativa de entrega e comprometimento” e “…pelo andamento atual da equipe, até ganhamos um pouco de performance em nosso dia a dia”. Ou seja, foi possível concluir que quando todas as peças de uma empresa sabem o que estão fazendo, e há um esforço coletivo para integração e adaptação de profissionais a um novo cenário, as dificuldades são superadas através das parcerias estabelecidas. O nome disso é relacionamento!

Essa é uma prova de que, em time que está ganhando, também se mexe.

Se na sua empesa existem dificuldades para a terceirização de mão de obra em T.I., entre em contato com a Talent Group e saiba como uma empresa atuante pode terceirizar com profissionalismo. Conheça os cases de sucesso e esteja pronto para a retomada do mercado. Lembre-se de que aqueles que tiverem iniciativa irão se sobressair em relação àqueles que agirem somente após os momentos de crise.